“Bolinhas” no braço: Descubra a causa e livre-se delas!



As populares “bolinhas” nos braços costumam se manifestar como reações alérgicas. Saiba mais sobre essa condição.

As “bolinhas” que muitas pessoas têm na parte superior dos braços se chamam queratoses pilares. Seu aparecimento pode estar relacionado ao consumo de glúten, por isso, o tratamento pode ser mais fácil do que você imaginava.

Não só nos braços, a queratose também pode surgir no peito, costas, pernas e glúteos.

Por ser tão comum e não causar dor ou irritação, a condição não é levada tão a sério por quem convive com ela, a não ser quando está em um estágio mais avançado e o fator estético acaba incomodando.

Segundo informações do American Osteopathic College of Dermatology, estes grânulos que parecem pequenas espinhas são uma condição genética mais comum na fase da adolescência e não necessita de procedimento cirúrgico para sua remoção.

Na grande maioria das vezes, uma alimentação adequada e algum tratamento natural são suficientes.


A relação da queratose pilar com o glúten

Para que se formem os grânulos é preciso haver um excesso de queratina no organismo, que vai se acumulando nos folículos da pele e formando as bolinhas.

Essa queratina é encontrada no glúten, em grande quantidade.

Quem possui essa predisposição genética à queratose, deve observar se, quando come glúten, as bolinhas se destacam mais depois de um tempo de ingestão.

Pode ser o indício de uma reação alérgica a esta proteína.

Se junto dessa reação, também sentir mal estar gastrointestinal (ou sintomas mais graves, como diarreia, vômito, tontura, inchaço), é recomendável procurar um médico, pois seu corpo estará dando claros sinais de rejeição ao glúten.

Quando você apenas possui as bolinhas e elas não incomodam nem aumentam ao ingerir glúten, não necessariamente você é alérgico à proteína, apenas tem a predisposição genética.

Outros tipos de alergia, como rinite, asma e bronquite, também podem desencadear um aumento da queratose.

Se não possui qualquer tipo de alergia, mas convive com as bolinhas e elas incomodam esteticamente, o recomendado é consultar um dermatologista para ver um tratamento adequado ao seu caso.



Comentar

four × four =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.